10 discos clássicos da psicodelia latina dos anos 60
* Fernando Rosa

A discografia psicodélica latino-americana é uma fonte de surpresas para quem somente tem ouvidos para as obras clássicas americanas ou inglesas. Entre os anos de 1967, especialmente, e 1970, uma grande quantidade de discos foi produzida e lançada na região. A maioria dos grupos surgiu com a "beatlemania" e, na segunda metade da década, influenciados por "Sgt. Pepper’s", enveredou pelo caminho da psicodelia.

A lista é grande e pode começar com o mais clássico deles, “La Conferência Secreta Del Toto’s Bar’, dos uruguaios Los Shakers, considerado o "Sgt Pepper's” da América Latina, por seu conceito musical e arranjos arrojados. Mas, em matéria de "Sgt Pepper’s", outros títulos disputam a referência, como "Kaleidoscope Men", dos chilenos Los Mac's, e "Psicodelicias", com os colombianos Los Flippers, ambos lançados em 1967. "La Conferencia Secreta del Toto's Bar" foi gravado em 1967, mas somente lançado em 1968, quando o grupo já tinha acabado.

Mais ácidos e radicais, os discos dos mexicanos Los Ovnis - "Hippies", e dos peruanos Los Holy's - "Sueño Sicodélico" (instrumental), definiram com mais ousadia a nova sonoridade, com uso intenso de fuzz e distorsão. Também de 1967, "Fictions", com os chilenos Los Vidrios Quebrados, apostou em um caminho mais sofisticado, com um som menos "sujo" e melódico e letras intectualizadas. Já o brasileiro Mutantes, com seu segundo disco, e o argentino Los Gatos, com "Seremos Amigos", abusaram de todos os recursos disponíveis, mas sem perder as pontes com a veia "pop" da primeira fase do rock sessentista.

Lançados em 1969, os discos "Syndrome", com Los Impala, da Venezuela, e "En el Maravilloso Mundo de Ingeson", com The Speakers, da Colômbia, foram ainda mais longe na exploração das novas possibilidades. O disco "En el Maravilloso Mundo de Ingeson', com seu vinil com perfume de rosas e chiclete Adams sugerindo uma pedra de ácido transformou-se em uma das peças mais raras do gênero em todo o mundo. "Syndrome", com Los Impala, traz um dos melhores trabalhos de guitarra do final da década em toda a região.

A maioria dos títulos, mesmo os mais obscuros em sua época, integram hoje as mais importantes e especializadas listas de clássicos da psicodelia mundial. Os discos citados, pelo menos, já ganharam reedição em cedê, embora muitos já se encontrem fora de cátalogo – mas sempre disponíveis na rede para que quiser baixar. A presente lista não esgota o tema, sendo apenas uma introdução ao gênero, que conta ainda com dezenas de outros títulos, também merecedores da atenção dos ouvidos sul-americanos.

Discografia selecionada

Los Flippers - Psicodelicias (Colômbia)
Los Gatos – Seremos Amigos (Argentina)
Los Holy's – Sueño Sicodelico (Peru)
Los Impala – Syndrome (Venezuela)
Los Mac’s – Kaleidoscope Men (Chile)
Os Mutantes – Mutantes (2) (Brasil)
Los Ovnis - Hippies (México)
Los Shakers – La Conferencia Secreta del Toto’s Bar (Uruguai)
Los Speakers – En El Maravilloso Mundo de Ingeson (Colômbia)
Los Vidrios Quebrados – Fictions (Chile)

* Fernando Rosa é editor do portal Senhor F, produtor e apresentador do programa Senhor F Sem Fronteira, veiculado pela Rádio Câmara, e organizador do festival El Mapa de Todos.

 
 
agência     revista     edição antiga
El Mapa de Todos 2012: vitória da música de todos os povos
Em três dias, ritmos, gêneros, gerações, diferentes países e um público vibrante transformaram a casa de shows Opinião e a Cidade Baixa, em Porto Alegre, um território livre da integração iberoamericana.
  FERNANDO ROSA
  Slade Alive!, o punk antecipado ao vivo
  FERNANDO ROSA
  Chico, Duprat e Construção
  MELHORES DE 2012
  Nossa lista de discos, coletâneas & extras e músicas
  MELHORES DE 2011
  A lista dos melhores discos iberoamericanos para Senhor F (& anglo-saxões)
  EL MAPA DE TODOS
  Top 25 Ibero-americanos 00/2009: mundo mais criativo, colorido e feliz
  ESPECIAL
  10 discos clássicos da psicodelia latina dos anos 60
   
 
  FERNANDO ROSA
  El Mapa de Todos: diversidade, com conceito e resposta do público
  FERNANDO ROSA
  Lennon vive: 'realize seus sonhos'
  FERNANDO ROSA
  A incrível história da música 'Llorando Se Fue'
   
 
  VARIOS
  Nuevos Medios, 30 anos de vanguarda, qualidade e senso pop
  VÁRIOS
  “Somos assim”, 25 discos independente brasileiros dos anos 00
  EL MATO A UN POLICIA MOTORIZADO
  La Dinastia Scorpio, definitivamente entre os grandes
  JUAN CIREROL
  Haciendo Leña, o renascimento do folclore mexicano
  COMPAY QUINTO
  El Diablo, a música tropical peruano-caribenha
  CUARTETO CONTINETAL
  El Auténtico e Imbatible, clássicos da cumbia pegadita
  CUMBIAS CHICHADÉLICAS
  Peruvian Psychedelic Chicha: lendários guitarristas peruanos
  CUMBIA BEAT
  Tropical Sounds of Peru (volume 2) / 1966 - 1983
  ALFOMBRA ROJA
  Bela estréia com 'Pueblo Chico Infierno Grande'
  DAVILA 666
  'Tan Bajo', teenage-pop con basura
  O CURINGA
  O Curinga, o melhor do rock gaúcho 'perto' da capital
  BARETO
  Ves lo quieres ver: música para conquistar o continente
   
 
  BLUES PROJECT
  Clássico do 'blues branco' ao vivo
  THE BATS
  'Daddy's Highway', poesia em forma de música pop
  SQUIRREL BAIT
  Squirrel Bait, os mais preciosos '20 minutos' dos anos 80
  NICOLAI DUNGER
  Tranquil Isolation, conexão sueca-americana
  LOS PLANETAS
  Principios Básicos de Astronomia, o melhor do indie espanhol
  THE TROGGS
  Groin Thunder!, clássico tributo aos Troggs
  LOS FUCKIN SOMBREROS
  Bazuka!, canções, guitarras e senso pop
  J. GEILS BAND
  Full House, um dos melhores discos ao vivo da história
  LOS DESTELLOS
  Los Destellos, pioneiro da cúmbia psicodélica peruana
  LA BARRANCA
  'El Fuego de la noche', legenda do rock mexicano
  FLIPPER
  Generic Flipper, na origem do grunge
  COMETS ON FIRE
  Blue Cathedral, uma tormenta no deserto roqueiro dos anos 00
  LOS ESTOMAGOS
  'Tango Que Me Hiciste Mal', marco do rock uruguaio pós-ditadura
  BUENOS MUCHACHOS
  Amanecer Búho, o melhor rock moderno do Uruguai
  LYRES
  'On Fire', explosão garageira no início dos 80, relançado na Espanha
   
 
 

INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA
Saiba mais sobre o Festival El Mapa de Todos e os artistas latinos que participaram na edição 2012

O festival ocorreu nos dias 6,7 e 8, em Porto Alegre, na casa de shows Opinião, com patrocínio da Petrobras, via Lei Rouanet, do Ministério da Cultura do Brasil, e apoio especial da Secretaria de Cultura do Estado do RS e da central sindical Força Sindical - RS.

> Ouça entrevista com o jornalista argentino Claudio Kleiman sobre o festival, feita por Joseba Martin, do programa La Jungla Sonora, da Rádio Euskadi, do País Basco, Espanha.

A gaúcha The Tape Disaster lança seu segundo trabalho, o single "A Voz do Fogo". São dois temas instrumentais, com a qualidade de uma das melhores bandas instrumentais do país.
"Uma das mais gratas surpresas de 2010", escreveu Fábio Massari apresentando o disco em sua coluna na internet. O disco de estréia dos brasilienses é a nova aposta de Senhor F Discos.
Em dezembro a Noite Senhor F completou 2 anos em POA, com produção de Brisa Daitx. Em março, retorna para o Opinião, apostando na cena independente. Em breve, o lineup da 1ª Noite.
Desde janeiro de 2008, veiculado pela Rádio Câmara, da Câmara dos Deputados, o programa Senhor F Sem Fronteira difunde a música iberoamericana de todas as gerações e países.
O Programa Senhor F não está sendo mais veiculado pela Rádio Ipanema, de Porto Alegre. Segundo a produção, deverá retornar em breve, em outra emissora, ainda sem definição.
Veja como foram as edições anteriores do Festival El Mapa de Todos. Também aguarde aqui informações sobre a nova edição, já confirmada. Novamente em Porto Alegre, no final do ano.